Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Na Poltrona com as Histórias

Na Poltrona com as Histórias

Opinião | "O rapaz e o cão" de Seishu Hase

Cláudia, 16.02.24

Olá! Hoje trago a minha opinião a mais um livro asiático.

193770155.jpg

Seishu Hase é o pseudónimo do escritor japonês Toshihito Bando. Nasceu em Fevereiro de 1965, em Hokkaido. Formou-se em Letras pela Universidade de Yokohama. Foi com esta obra, que ganhou o prestigiado prémio Naoki.

O rapaz e o cão conta a história de várias pessoas que se cruzam com um cão perdido, o Tamon. Este perdeu-se da sua dona, devido a um terramoto, seguido de um tsunami, que atingiu o Japão. No entanto, o cão procura qualquer coisa, sempre virado para sul. 

Esta é uma bonita história onde o poder da lealdade e da amizade de um cão pode salvar uma vida humana.

⭐⭐⭐⭐⭐ em 5

 

Ficha Técnica

Título original: Shonen to Inu

Autor: Seishu Hase

Tradução do alemão: Mónica Filipe

Editora: Editorial Presença

Número de páginas: 248

Opinião | "Ela e o Gato" de Makoto Shinkai e Naruki Nagakawa

Cláudia, 08.02.24

Olá a todos! Hoje trago-vos a minha opinião à obra "Ela e o Gato".

ElaeoGato.jpg

Makoto Shinkai é um prestigiado e multipremiado cineasta de animé e Naruki Nagakawa é romancista e guionista de jogos e animé. Escreveu esta obra literária inspirado pelo elogiado animé de Shinkai.

Esta bonita história, envolvendo donas de gatos e os seus respectivos gatos, é narrada tanto por ela, como pelo animal de estimação. 

Confesso que já vi alguns animés de Shinkai e gosto muito das histórias por ele desenvolvidas, mas este em particular nunca tinha visto, o que fez gostar ainda mais da obra. 

⭐⭐⭐⭐ em 5

 

Ficha Técnica

Título da edição inglesa: She and Her Cat

Autores: Makoto Shinkai e Naruki Nagakawa

Tradução do francês: Maria João Ferro

Editora: Editorial Presença

Número de páginas: 160

Opinião | "A Biblioteca de Paris" de Janet Skeslien Charles

Cláudia, 18.01.24

Olá a todos! Hoje venho falar-vos sobre a obra "A Biblioteca de Paris" de Janet Skeslien Charles.

A autora cresceu a amar bibliotecas e livrarias. Em 2010, trabalhou como gestora de programação na Biblioteca Americana de Paris, onde uma colega lhe contou a brilhante história do pessoal que manteve a biblioteca aberta durante a Segunda Guerra Mundial. 

Biblioteca.jpg

A história passa-se em dois tempos: antes e durante a Segunda Guerra Mundial e nos anos de 1980. Odile é a personagem principal durante a guerra e trabalha como bibliotecária na BAP, contudo, quando a guerra estoura e os nazis começam a marchar sobre Paris, alguns leitores da biblioteca são impedidos de entrar nela e é, então, que Odile e os outros funcionários irão levar os livros a quem mais precisa deles. Já nos anos de 1980, Lily é vizinha de Odile no Montana e as duas irão estabelecer uma bonita amizade.

A obra é baseada na verdadeira saga dos heróicos bibliotecários da Biblioteca Americana de Paris, durante a Segunda Guerra Mundial.

A Biblioteca de Paris conta com muitos elementos, além de só falar sobre livros, mostra também o poder da amizade e da família. E ainda refere o Sistema Decimal Dewey, o sistema de classificação das bibliotecas sobre um determinado tema. 

Adorei esta obra, pois adoro obras que envolvem o tema História e felizmente não me desiludi.

⭐⭐⭐⭐⭐ em 5 

Opinião | "A Mulher Que Há em Mim" de Britney Spears

Cláudia, 30.12.23

Olá a todos! E chegámos à última opinião do ano e como tal, queria que fosse uma leitura do qual gostasse muito e não me enganei.

Tornei-me fã da Britney Spears, assim que conheci as suas canções, lá pelo ano de 2000. Ainda hoje, gosto muito dos seus três primeiros álbuns. Mas a partir do quarto álbum, deixei de a acompanhar. Mas como a grande estrela pop que é, aparecia sempre nas notícias (da Internet) e eu acabava por saber o que publicavam acerca dela.

britney.jpg

Nesta obra, Britney começa por falar nas suas origens, ou seja, acerca dos seus avós. Depois fala como os pais se conheceram, até chegar ao seu nascimento. Britney é a filha do meio da família Spears, tem um irmão mais velho e uma irmã mais nova. Desde cedo, demonstrou grande aptidão para a música e dança. 

O livro não está brilhantemente escrito, mas é um importante relato acerca do que ela passou, e os fãs merecem conhecer o seu lado da história. Por isso, é uma obra recomendada para todos os fãs da Britney Spears.

⭐⭐⭐⭐⭐ em 5

Opinião | "Os Meus Dias na Livraria Morisaki" de Satoshi Yagisawa

Cláudia, 13.11.23

Olá a todos. Hoje trago-vos a minha opinião à minha mais recente releitura. Mas antes disso, vamos conhecer um pouco sobre o autor.

Satoshi Yagisawa nasceu em 1977, em Chiba, no Japão, onde ainda vive. Os Meus Dias na Livraria Morisaki, o seu romance de estreia, ganhou o Prémio Literário Chiyoda, tornou-se um bestseller e foi adaptado ao cinema. Agora, este romance é um dos títulos mais vendidos fora do Japão.

Esta obra acompanha Takako, uma jovem de 25 anos, que depois de se despedir do emprego, se muda para o andar de cima da livraria Morisaki. Na sua nova rotina, ela irá descobrir uma nova paixão e irá conhecer diversas pessoas.

Tratou-se de uma releitura, e ao contrário do que aconteceu na primeira vez não achei a história tão fenomenal, embora ainda tenha gostado muito. 

A capa desta obra é muito bonita e é exactamente assim que imaginava a livraria Morisaki. 

É uma obra interessante para quem gosta de literatura japonesa e com muitas referências a esta. 

⭐⭐⭐⭐ em 5